agosto 2009


Ôh, barzinho difícil de sair nessa semana… Tentamos um no Sudoeste – FECHOU! Próximo da lista – tem notícias em vários sites, chegamos a twittar várias dicas, mas, quando chegamos… TAMBÉM FECHOU! Um tanto arrasadas e desconsoladas, olhamos ao redor pra ver se havia uma luz e, por providência do destino, percebemos que estávamos de frente para o céu! É galera! E ainda tinha rodízio… Pra quem tava morrendo de fome, pois começamos essa semana mais cedo, bem mais cedo! (19h, vê se isso é horário para se ir pro bar? Mas, foram falhas na comunicação, né Tati!)

Enfim… o bar desta semana foi, nada mais, nada menos, do que o NU CÉU!!! Eita, São Pedro bonitinho! E ainda tá carregando uma jarra de Chopp… É pra esse céu que eu quero ir, minha gente! Hehehe

Olha que São Pedro gostosinho!

Olha que São Pedro gostosinho!

Mas a avaliação, meu povo, não vai rolar hoje. Posto amanhã, ok? Desde já, deixo pros desavisados que os banheiros foram reformados, pode? Meninas, nosso RICARDÃO FOI DESTITUÍDO DE SEU POSTO. É, ele não mais usa o banheiro com a gente… Não é o fim?! Fazer o quê? Só comendo e bebendo mais pra superar este trauma. Será que era essa a intenção?

Até amanhã! 

Estamos nu céu!

Estamos nu céu!

Voltei! Preparados?!…

Chegada:

Como o frio estava forte, tentamos achar uma mesa que ficasse bem no meio do bar. Como não estava cheio, essa foi uma tarefa fácil! Logo, logo, o João veio nos servir e a partir daí…

Os Bebes do Bar:

Começamos bem devagar. Estávamos só em 3 das 7 meninas, é mole?

Olha o capricho do João!

Olha o capricho do João!

Então, começamos na Coca-cola mesmo. Ah, pra piorar, uma de nós estava sem beber. Resultado: depois de forrarmos nossas barriguinhas de passarinho, pedimos vinho pra esquentar. Enquanto que a outra… Dá-lhe Coca-cola! Isso não é vida!

Sem algumas de nossas integrantes que ADORAM uma cerveja, não pedimos as famosas Torres de Chopp ou Cerveja. Mas, pra aqueles que querem se reunir com uma turma animada, essa é a pedida! Depois da segunda, você nem percebe que é Nova Schin! Hehehe
Dá-lhe Coca-cola

Dá-lhe Coca-cola

Enfim… Vamos aos preços:

  • Há quatro tipos de torre: duas de chopp e duas de cerveja, vamos lá:
  • Torre de Chopp de 1,5 l – R$ 20,00;
  • Torre de Chopp de 2,5 l – R$ 35,00;
  • Torre de Cerveja de 1,5 l – R$ 15,00;
  • Torre de Cerveja de 2,5 l – R$ 28,00;
  • Skol? Só se for long neck – R$ 4,50.
  • Vinhos – vão de R$ 32,00 a mais, muito mais…
  •  

    Os Comes do Bar:

    ADORO o rodízio deste bar! É pizza (e com a massa fina, TUDO DE BOM!), caldos, macarrão feito na hora e muita disposição dos garçons que nos servem. Pra quem não quer comer muito, há também porções e outras aperitivos fora do rodízio. Até pizza inteira eles servem! São os mais variados sabores, tem até de morango com chocolate, uma tentação que fura qualquer dieta!

    O recorde de pedaços foi 28, embora haja boatos de mais de 30. Tem caldo para todos os gostos, desde o de legumes sem graça até a divina canja de galinha! (Pra quem gosta, claro!) Ainda tem sorvete Nestlé! Enfim, esse é o bar mais restaurante em que estivemos! Com certeza!!!

    Rooodííízioooo! Ôba! Ôba!

    Rooodííízioooo! Ôba! Ôba!

    Vamos aos preços:

    • O rodízio inclui massas – monte a sua –, pizza e caldos! – R$ 15,90;
    • O sorvete Nestlé para sobremesa – R$ 2,49 cada 100g.;

    Banheiros:

    É!… Já deixei nossa indignação expressa mais acima. Fizeram uma ampla reforma e o Ricardão não existe mais… Pra que ir ao banheiro agora? Contudo, ele é limpinho e as pias ficam do lado de fora em um lounge. Até que ficou legalzinho!

    Cliente Assíduo:

    Não fomos muito felizes nesse quesito. Nosso garçom, João, até falou que têm algumas carinhas que ele vê com mais frequência, mas ir sempre, isso não! Então, deixamos este quesito para os frequentadores de sexta e sábado, quando o bar tem mais movimento. Caso você conheça alguém, fala aí!

     

     Nossas Visitas:

    O visitante do dia foi o Cristiano, amor da vida da Patrícia e um cara pra lá de legal! Também conhece muitos bares e é um incentivador deste projeto. Que cara desprendido, né?! ADORAMOS! Quando quiser, é só aparecer, hein bonito!

    O nosso amor é lindo! Tão lindo! Nada pode ser mais lindo...

    O nosso amor é lindo! Tão lindo! Nada pode ser mais lindo...

    Curiosidades:

    • O bar fecha, nos finais de semana, por volta das 2 da manhã;
    • Sabe aquele pessoal que te oferece de tudo na mesa? Não, não estou falando de strip poker… É vendedor ambulante mesmo: são produtos by China, sabonetes, chocolates e DVDs, muitos DVDs (particularmente, sou contra pirataria, mas pra quem gosta, variedade de títulos e vendedores é que não falta!);
    • O bar transmite os jogos de Futebol do Brasileirão, mas saímos bem na hora que esse agito começou. Fica pra próxima!;
    • Há vários garçons perambulando por lá. Todos muito simpáticos! O que garante muita pizza e bebida sempre gelada!;
    • O Nu Céu existe há cinco anos, tem uma filial em Taguatinga e é um bar de muitas confraternizações! Aniversariantes ou uma mesa acima de 5 rodízios, ganha um bolo free de açúcar – tipo algodão doce (tudo de bom pra equilibrar a glicose!).

    Garçom do mês:

    Mário! Mário! Mário! Lembram do garçom do Pôr do Sol… Ele estaciona seu carro pro Detran não pegar, leva as cervejas mais geladas do bar diretamente pra sua mesa, é extremamente simpático e foi muito atencioso com a gente (E olha que não é fácil responder a tantas perguntas!) Ele nos deu até brinde! Cerveja, é claro! Mário, por tudo isso, é você nosso garçom do mês de setembro. PARABÉNS!

    Viva o Mário!

    Viva o Mário!

    Conclusões:

    É, pessoal! Se vocês querem um lugar legal para confraternizações, aniversários ou reuniões com os amigos, esse é o lugar. Muita comida, bebida e gente boa! Além de estarmos bem pertinho do céu e VIVOS!

    Até semana que vem, meu povo!

    Anúncios

    Já deu para perceber pelo nosso blog que, além de tomar umas e outras, adoramos tirar fotos.

    Isso vale para todas nós!

    Já dissemos que temos em nosso grupo duas fotógrafas profissionais?

    E resolvemos explicar para vocês o porquê de nossa paixão.

    Voilá!

    fotografia

    De: http://www.soygik.com/todo-por-la-imagen-perfecta/

    Amanhã é o último De Bar Em Bar de agosto! Sabe o que isso significa? Que semana que vem temos o convidado de setembro!!

    DSC07248

    Quer participar dessa aventura por uma noite? Sentar-se em nossa mesa e saber tudo o que se passa?

    Mande um e-mail para debarembardf@gmail.com e diga porque merece ser nosso(a) convidado(a).

    Esperamos sua resposta!!

    Quem nunca sonhou em ter um carro em que, no lugar do motor, você mesmo o impulsionasse com a força de suas pernas. Igual ao Fred, correndo tranquilamente dentro daquele carro (É! Eu nunca sonhei… Não posso correr!);

    Ok, mas quem nunca sonhou em usar um osso para prender os cabelos (Essa eu também nunca sonhei… Osso é gorduroso, né?! Ia sujar todo o meu cabelo!);

    Tá, mas quem nunca sonhou em ter um dinossauro de bicho de estimação! (Tudo bem, depois do macaquinho que nunca ganhei, acho que meus pais não queriam problemas com o Ibama!, um dinossauro era a segunda opção forte!).

    Pois é, quase realizamos todos esses sonhos na bar desta semana – Bedrock! É pouco ou quer mais?

    Chegada:

    Chegamos aos poucos… Primeiro umas, depois outra, outra… No final, estávamos em cinco (Fernanda e Dani Pereira não foram! Sentimos sua falta!). Adoramos a decoração interna do bar. Recheado com o tema dos Flintstones, parecia uma viagem aos anos 80. TUDO DE BOM!

    olha que povo bonito, minha gente!

    Olha que povo bonito, minha gente!

    Apesar de  o bar estar cheio, não há muito barulho. O que é ótimo pra colocar a conversa em dia! E lá também tem rede Wi-Fi. Se precisar fechar alguma reunião de trabalho, o acesso à Internet é garantido!

    Os Bebes do Bar:

    Apesar de não ser sexta-feira, chegamos pedindo a tradicional cerveja, cerveja, cerveja, cerveja… Cerveja! Lá existem as opções de Antárctica, Original e Skol de 600 ml. Ficamos na última opção! Ela é GELAAAADA! E sempre é reposta bem rápido. Adoramos!!!

    Tati foi de destilado e ficou na caipiroska. Amou a primeira, em suas palavras: “A primeira estava divina, doce na medida certa! Já a segunda… Veio com gosto da casca do limão, argh!”. Fazer o quê? Nem tudo é perfeito! Pobre Tati!

    Caipiroska! Olha que foto artística...

    Caipiroska! Olha que foto artística...

    Já a Paty foi de coquetel de frutas. Ah! Como o romantismo inspira as pessoas! Não é que ela estava toda doce ontem? Seus olhinhos pareciam dois corações… Enfim, voltando à avaliação, ela adorou o coquetel. Em suas palavras: “Deliciosa!”.

    Essa tá bem melhor!

    Essa tá bem melhor!

    Os preços são compatíveis com a maioria dos bares de Brasília. Veja:

    • Hum… Cerveja Gelada! O bar já pode existir! – R$ 4,20;
    • Caipiroska – R$ 5,90;
    • Batida de Morango – R$ 7,50.

    Os Comes do Bar:

    Como sempre, comemos. Comemos! Comemos… Mas é tudo pela causa maior, a avaliação do cardápio, é claro! Por falar nisso, o cardápio é bem variado, vai de porções bem generosas a pratos executivos e sanduíches. Pelo que comemos, vale experimentar!

    O espetinho é muito bem servido! Nada de pouca carne… O famoso queijo coalho é maravilhoso, como sempre! A Picanha na Chapa, acompanha fritas, é imperdível, maravilhosa, perfeita… Agradou a todos os paladares!

    Picanha na Chapa! MARAVILHOSA!

    Picanha na Chapa! MARAVILHOSA!

    • Os espetinhos – em média, de R$ 4,90 a R$ 7,90;
    • Picanha na Chapa – R$ 32,90.

    Banheiros:

    Os banheiros femininos têm o tema da Pedrita, que bonitinho! São dois banheiros, um de frente para o outro, bem ao meio, o espelho e a pia. Essa divisão é ótima! Pois, quem quer só dar um upgrade no visual, não precisa ficar esperando uma eternidade… Para aqueles que adquiriram o toc de lavara s mãos (Gripe suína, meu povo!) também têm essa liberade!

    Dentro do banheiro, havia papel higiênico disponível até a hora de fechar (e não eram aqueles que ficam esparramados pelo chão!). Mas, apesar de bem dividido e prático, não esperem um exemplo de limpeza! Talvez seja pelo pouco espaço interno que dá a impressão de que tudo está muito junto. Não sei, dêem uma passada por lá e tirem suas conclusões!

    Cliente Assíduo:

    Esse vai ser o tópico mais difícil de postar! O cliente assíduo da vez foi uma novela… Pra não dizer, um cagão! Desculpe, aí, Sieg! Mas, nós o convidamos várias vezes para aparecer em nossa mesa e… NADA!

    Ele chegou a fazer sinais de que, em breve, estaria com a gente. Mas, só foi dar o ar da graça no fim da noite, quando apenas duas de nós ainda sobreviviam. Eu era uma delas! Mas, por mais que as meninas confiem em mim, é claro que as demais componentes no de Bar Em Bar não acreditaram nesse bafão! :p

    Mesmo assim, vamos lá: Sieg é o apelido de Siegfrid Rens. Descendente de alemães, sua família morou por muito tempo no sul do Brasil. Mas ele acabou nascendo por aqui mesmo. Sempre morou perto do bar, vizinho de quadra. Logo, conhece o dono do Bedrock e do Área 51 (que fica exatamente na frente deste bar!) Trabalha de dia e relaxa pela noite nestes dois locais.

    Claro que o Sieg recomenda ambos os bares. Se animarem, conheçam o rapaz. É bastante tímido… Mas gente muito boa! Valeu, Sieg! Adoramos a companhia! Até a próxima.

    Nossas Visitas:

    Cantor e compositor brasiliense. TUDO DE BOM!

    Cantor e compositor brasiliense. TUDO DE BOM!

    Ainda no início da noite, conhecemos um artista brasiliense. Cantor e compositor, Rondinele Saraiva, divulgava e vendia seus CDs por R$ 10,0. Simpático e muito alegre, nos contou algumas de suas proezas. Entre elas, o bafão de que já vendeu 5 milhões de cópias de seu CD! É! Eu sei que parece história de pescador… Mas, vamos ajudar o rapaz, né?! Talentoso, gente boa e brasiliense… Custa só R$ 10,0, o CD, é claro! Seu contato é: rootsnele@hotmail.com
    Valeu lindão! Amamos conhecê-lo!!!
    No final da noite, recebemos visitas! Jonathan e Wilker, LINDOS, PODEROSOS, ABSOLUTOS! Amores de minha vida, que me ligaram e souberam onde estávamos. Apesar dos protestos de algumas das meninas… Já que não descobriram sozinhos nosso paradeiro, os recebemos de braços abertos e demos boas gargalhadas!
    Quando quiserem, é só aparecer! Adoramos visitas!!!
    Curiosidades:
    • Não há área reservada para fumantes. Não fuma? Se vira! Já que aqui não é São Paulo! Hehehe…
    • O bar funciona há nove anos e fecha sempre por volta das 2 da manhã;
    • Os garçons são identificados pelos nomes nas blusas. TUDO DE BOM! Assim, você nunca esquece e paga o mico de chamar o bichinho de: amigo, bonito, colega etc.;
    • Nosso garçom: Ivon. Nome diferente, né?!

    Conclusões:

    O Bedrock é um bar bem simpático e… Tanto comida, quanto bebida, são maravilhosos! Venham conferir!…

    Nos divertimos com vontade! Deem uma olhada na foto:

    Que seres humanos felizes!

    Que seres humanos felizes!

    Até a semana que vem, meu povo!

    Hoje é dia do De Bar Em Bar!!

    Em qual lugar estaremos?!?

    Siga nossas dica no Twitter e visite-nos? http://twitter.com/debarembar

    DSC07247Faça como o nosso seguidor Daniel Bastos! Levante a bunda dessa cadeira e encontre-nos entre uma cervejinha e outra!

    Fechado?

    Você sabia que a cada novo mês, logo na primeira semana, temos um convidado diferente?

    yuri

    Yuri

    Em agosto tivemos Yuri Faulstich em nossa mesa!! E quem será o convidado ou convidada de setembro? Hum… Você?

    Bem, quer ser nosso convidado? Quer saber tudo o que acontece no De Bar Em Bar nos mínimos detalhes? É bem fácil! Basta mandar um e-mail para: debarembardf@gmail.com

    Diga-nos porque merece ser nosso(a) convidado(a)! Escolheremos a melhor ou as melhores respostas!

    Os aguardamos em nossa mesa! Viu?


    Minha gente, minha gente!

    E o bar dessa semana foi o Por do Sol. Encanto da minha vida universitária (que já passou há algum tempo… Mas, quem se liga na contagem das horas, né?!). Ele continua o mesmo…

    Olha a gente, aí!

    Olha a gente, aí!

    Chegada:

    Chegamos em 4 pessoas e sem uma luz que indicasse mesa à vista. E olha que não eram nem 20h30! O bar já estava LOTADO, com gente se amontoando quase que no meio da rua! Tentei ver se ainda conhecia os garçons da minha época. Mas, que nada! Eles contam as horas e vão para outros espaços. O jeito foi entrar pra lista de espera do bar que funciona de um jeito bem distinto, lá vai:

    . Você tenta achar alguma mesa em que as pessoas parecem estar indo embora (Vai ser difícil porque universitário nunca sabe a hora de ir embora. Em bar, então! Sem chance, né?!);

    . Você tenta achar um grupo de amigos que tenha várias mesas emendadas e, entre elas, uma folga que dê para retirar uma mesa do grupo sem que o povo fique em pé;

    . Alvo marcado, descobre qual o garçom daquela área;

    . Aponta o tal grupo, deixa alguém pra marcar presença ali do lado e a mais cara de pau do seu grupo (no nosso caso, sou sempre eu!) fica atrás do garçom pedindo para que ele, gentilmente, retire a mesa para vocês;

    . Ele chega lá meio sem graça e finalmente pede a tal mesa (depois de algumas cervejas, não há grupo que resista em ceder uma mesa para várias amigas…);

    . Aprochegue-se em volta da raridade conquistada com seus amigos e torça para que o grupo não aumente muito! Conseguir outra mesa, só depois das 23h…

    Enfim, passamos bravamente pela lista de espera e, uma vez sentadas, demos aquela olhada em volta, sabe? E pensamos: Ô pai, eu já tive essa idade! Não que sejamos velhas. Mas, a faixa etária de 26-30 não é o forte deste bar. Logo, se você não quer azarar bebês entre 18-24, esse não é o melhor bar! Não mesmo!…

    Os Bebes do Bar:

    Chegamos com vontade de beber! Logo pedimos uma Antarctica Original que veio BEM GELADA! (Pelo menos foi o que contaram. Estou tomando anti-alérgicos e nada de bebida por enquanto… Ao menos, já paguei meu turno de Amiga da Vez!).

    Logo que o copo chegou, Catarina dispara: “Copo sujo sem esse copinho, não é copo sujo!” Concordamos com ela. É quase uma lembrança romântica beber nesse copo!

    Gelaaada...

    Gelaaada...

    A Fê foi de Caipiroska e falou que ela é booooa! Mas o copo é pequeno… Ou a vontade de entornar é que é grande! Enfim:

    Caipiroska Perfeita!

    Caipiroska Perfeita!

    • Original geladinha! – R$ 3,70
    • Caipiroska Perfeita – R$ 4,50

    O único problema é que no auge da azaração no bar, você não consegue falar muito com o graçom e a bebida demora um pouquinho! E, lá pro final do expediente, PIOR: acabou a Original. O povo passou, a contragosto, pra Skol…

    E o Dandan, amigo do Twitter que nos descobriu e acabou passando por lá,

    O Primeiro Visitante!

    O Primeiro Visitante!

    tomou uma Skol inteirinha, no gargalo, PASMEM… Em 45 segundos! Palmas, palmas, palmas… Ninguém que tentou na mesma noite conseguiu chegar sequer perto. É um record! Viva, Dandan! Nosso herói!… (Não façam isso sem o acompanhamento de um adulto. Responsável. É! Esquece! Hehehe)

    Os Comes do Bar:

    Já chegamos pedindo a famosa Carne de Sol com Mandioca e o Queijo Coalho. Meu Deus, como é boa essa Carne de Sol com manteiga de garrafa. E a mandioca? Nunca vi tão macia! O único problema é que a gente ainda tá esperando a manteiga de garrafa… Pois é…

    Carne de Sol e Queijo Coalho. UAU!

    Carne de Sol e Queijo Coalho. UAU!

    Depois, fomos para a porção de Frango à Passarinho. Tudo de bom! Mas, a gente achou que um kilo dava mais frango. Acho que o osso pesa muito, né?! Enfim, o tempero é ótimo! Só não dá pra muita gente!…

    1 Kilo de Frango à Passarinho, pode?!

    1 Kilo de Frango à Passarinho, pode?!

    E sim… Existe um cardápio no Por do Sol. Quem diria! Preços Perfeitos e bastante variedade. Tem até fotinhas…

    Olha o cardápio, aê!

    Olha o cardápio, aê!

    Depois dessas porções, Dandan pagou uma Pizza pra gente. O que que a gente poderia querer mais! Tá certo que a pizza não era do bar. Mas, era do vizinho. Isso vale, não vale? Pizza MARAVILHOSA que, é claro, não nos encheu!

    PIZZA!
    PIZZA!

    Terminamos a noite com uma porção de fritas. TUDO DE BOM!

    Fritas! Fritas!
    Fritas! Fritas!

    No final dos comes, temos:

    • Carne de Sol sem gordura e bem temperada! Com bastante cebola… Só faltou a manteiga na mandioca (por mais que essa frase soe ambígua…) – R$ 10,00
    • Queijo coalho TUDO DE BOM! – R$ 2,50
    • O frango a passarinho ficou a desejar… – R$ 15,00
    • A batata frita estava ótima! Essa é difícil alguém errar! – R$ 7,00

    Banheiros:

    Ainda lembro de quando os banheiros estavam reformando e a gente só tinha uma cortininha separando um vaso do outro… Pra mim, hoje eles estão BEM MELHORES! Mas, a Dani Pereira se inspirou ainda quando estávamos no bar e escreveu essa crítica que está o máximo. Logo, com a caneta, Dani Pereira:

    “Quando eu cheguei no Bar imaginei: “Ok. Da próxima vez, compro fralda geriátrica”. Era uma piada bastante exagerada para mostrar a diferença de idade (e mentalidade) entre os freqüentadores do Bar (alunos da UNB) e nós (jovens adultas na faixa dos 26-30 anos).

    No entanto, a piada vem a calhar como uma sugestão bem viável e oportuna quando o assunto é BANHEIRO.

    Modéstia à parte… Se eu sobrevivi aos “banheiros” da Bolívia, sobrevivo a qualquer um no Brasil. Mas para a alegria dos Bolivianos, o “banheiro” do Pôr do Sol não perde em nada para as latrinas do meu país sul-americano favorito. O aviso “Não aceitamos cartões de crédito e débito rivaliza com as pichações em prol dos direitos dos homossexuais. Essa é a parte cultural do “banheiro”.

    A decoração inclui papel higiênico transbordando na lixeira e fazendo o vaso sanitário transbordar, além do liquido que “decora” o chão. (Não quero entrar em detalhes).

    O que recomendo é: gel higienizador e CORAGEM.”

    Muito bom, né?! E olha que a bicha já passou por cada banheiro… Mas, vamos para o próximo tópico!

    Cliente Assíduo:

    É! Nesse quesito sempre pensamos em uma pessoa, no máximo duas, que fossem SEMPRE ao mesmo bar. Mas, em se tratando de Por do Sol, não há UM cliente assíduo… E sim uma tradição de universitários assíduos ao clima irreverente, ao ambiente descompromissado e à proximidade às universidades, principalmente à UnB.

    Logo, um VIVA aos universitários assíduos!

    Curiosidades:

    • Algumas árvores morreram lá pela nossa mesa… Recebemos os primeiros panfletos! (E, haja panfleto!) Falta contabilizar! (Alguém aí sabe com quantas árvores se faz um papel? Ou, o contrário? Ainda nos falta esse dado…);

      Show Pirotécnico. É fogo!

      Show Pirotécnico. É fogo!

    • Houve um SHOW PIROTÉCNICO logo no início da noite. Um senhor lindo e simpático, todo vestido de prata, fez e aconteceu com tochas de fogo e até soltou bastante chama pela boca… (Apesar de o receio sempre existir, foi demais!);
    • Dani: tia Sukita da noite – prefiro não comentar essa frase! Além de não beber, ainda tenho que aturar brincadeirinhas! Mamada ainda vai, mas sóbria! Eu mereço! Tudo bem! São minhas amigas… Fazer o quê?!;
    • Neste bar NÃO SÃO ACEITOS QUAISQUER TIPOS DE CARTÕES! Então, antes de ir pra lá, passe em um Banco 24h ou, se esquecer, vá ao Big Box da quadra mesmo e pegue dinheiro por lá. (Não, eles não doam dinheiro no mercado! Mas, há caixas eletrônicos de alguns bancos.)
    Aqui só funciona grana, dindim, mufufa!

    Aqui só funciona grana, dindim, mufufa!

    • Mário foi o garçom da noite. No início, parecia que era constantemente abduzido por forças desconhecidas. Mas, no final, foi SHOW DE BOLA! Quer dizer, SHOW DE GARÇOM! Ganhamos até uma cerveja de BRINDE! Mário! Amamos você!…

    Conclusões:

    Por do Sol é, e será sempre, Por do Sol! Lugar de azaração, descontração, muito truque pra conseguir o que se quer e muita gente bonita e feliz! Claro que o álcool barato e gelado deve ajudar nessa conjuntura. Mas, que lá é bom… Ah, isso é!

    Mais uma vez peço que vocês passem por lá e deem sua nota. Depois, posta pra gente um comentário, valeu?!

    Beijos e até a próxima semana!

    Próxima Página »